Loading...

A prática e o arranjo: uma proposta para a clínica-escola da odontologia na UFSC

  • Slider Image
  • Slider Image
  • Slider Image

Sobre o projeto
  • Palavras-chave:

    projeto arquitetônico; edifícios de saúde; arquitetura e urbanismo; educação; campus universitário.

  • Equipe:

    José Ripper Kós
    Luís Henrique Pavan

  • Disponível em:

    Repositório UFSC

O campus e seus edifícios devem congregar práticas de sociabilidade entre a população universitária e a comunidade externa. Tais práticas acontecem no ensino, na pesquisa e na extensão. Sobretudo na área da saúde, essas atividades demandam edif ícios complexos e um conjunto de estruturas de apoio, a exemplo de espaços livres e estacionamentos. Este trabalho consiste no novo conjunto de Clínicas Odontológicas do Centro de Ciências da Saúde (CCS), na UFSC. Exploram-se paralelamente programas destinados à comunidade universitária de outros centros de ensino e à população de fora da universidade, compreendendo essas práticas como inerentes e benéficas à existência da universidade pública, sobretudo em um contexto de contingenciamento de recursos. Mesmo sendo algumas configurações programáticas regulamentadas por legislações rígidas, a evolução das necessidades acadêmicas requer edifícios flexíveis capazes de abrigar programas em constante substituição. Considera-se o projeto como uma possibilidade de reforçar a interação entre academia e população e entre a natureza e os ambientes edificados, atitudes substanciadas pelo local de implantação e partido arquitetônico do conjunto. Explorando alternativas à produção atual do espaço de aprendizagem, busca-se aproximar o campus à sua natureza e às práticas multidisciplinares.